BLOG


Rota K » Dicas e Conteúdos sobre Motos

Manutenção Preventiva: tudo o que você precisa saber sobre esse cuidado com a moto




Fuja da Manutenção Corretiva e aproveite o melhor da sua moto sem dores de cabeça.

Se você possui uma moto, é essencial ficar atento quanto a sua manutenção. Mais importante que viver grandes aventuras com ela, é garantir a segurança e a vida útil do veículo. Dessa forma, a Manutenção Preventiva é a maneira mais correta de cuidar da sua moto: além de verificar a funcionalidade dos principais sistemas e peças que fazem parte dela, a prática evita que você, piloto, caia na Manutenção Corretiva.

Este é o resultado caro de meses sem uma Manutenção Preventiva. Isso porque, quando não se cuida de forma regular da moto e não se realiza uma checagem dos seus principais itens, os mesmos vão danificando conforme o uso e, na hora de realizar o reparo, na maior parte dos casos, mais de um componente precisará ser trocado. Um exemplo perfeito são as pastilhas do freio. Se não trocadas no momento certo, seu acionamento contínuo e consequente desgaste fazem com que o disco também comece a ficar ruim e gere um barulho. Nesse caso, este também precisará ser trocado.

Mas o que deve ser verificado?

Em uma Manutenção Preventiva, a ideia é que sejam checados os principais itens da motocicleta como forma de otimizar o tempo. Fizemos uma seleção daqueles que julgamos mais importantes, considerando a estrutura de uma moto e suas funcionalidades. Veja abaixo:

Correntes

Estas devem ser vistas a cada 1.000 km. Porém, se a sua motocicleta roda por lugares muito quentes, com chuva fortes, alagamentos ou estradas de terra, essa quilometragem pode cair pela metade. Aviso: uma corrente mal lubrificada pode desgastar a coroa e o pinhão.

Também é importante verificar a folga do item. Esse processo, se realizado junto à lubrificação, torna-se ainda mais eficiente. A medida certa da tensão da correia da sua moto pode ser encontrada no manual.

Checagem dos freios

Essa parte é crucial para a sua moto, afinal, os freios estão diretamente atrelados a segurança. Eles devem ser checados no mesmo intervalo de tempo da lubrificação das correntes, ou seja, a cada 1.000 km. Caso as pastilhas estejam com menos de 1 mm de espessura, devem ser trocadas. Lembre-se, também, de fazer a verificação do fluído do freio a cada revisão realizada. Para este passo, você precisará da ajuda de um profissional, uma vez que exige o uso de equipamento e conhecimento técnicos.

Pneus

Os pneus devem estar sempre calibrados, pois são a sustentação da sua moto. Use sempre a pressão indicada pelo fabricante no manual ou, então, em um adesivo que costuma ser fixado no braço oscilante da suspensão traseira. Quer saber mais dicas sobre a manutenção dos pneus? Acesse a matéria especial do nosso blog

Gasolina

Sabemos que você pode querer optar pelo preço mais barato, mas aqui vai uma dica de amigo: este não deve ser o único fator determinante para sua escolha, pois opções ruins podem provocar problemas futuros a sua moto. Atente-se a informações como a taxa de compressão do motor, octanagem da gasolina e o principal: a qualidade do combustível.

Farol

É imprescindível que o piloto tenha todas as luzes da moto em perfeito funcionamento. Qualquer uma que esteja queimada pode prejudicar a visão e impedir que outros veículos o vejam seja de dia ou de noite, ocasionando acidentes. Isso sem falar da multa por transitar com os faróis apagados, que é caracterizada como infração gravíssima.

Revisões

Ao adquirir qualquer veículo, é crucial que o proprietário realize todas as revisões na concessionária conforme especificado no manual. Assim, a Manutenção Preventiva garantirá que o veículo rode em perfeitas condições por anos, além de assegurar o direito da garantia do fabricante.

Viu como é fácil? Agora que você já sabe como cuidar da sua máquina, não arrisque sua vida: aventure-se de forma segura e faça a Manutenção Preventiva!

Mas lembre-se: caso você tenha dúvidas sobre o que está fazendo, deixe o trabalho para um profissional.



VOLTAR






MAPA DO SITE

UNIDADES

Campinas
Av. Orozimbo Maia, 767 - Vila Itapura
CNPJ: 11.046.590/0001-00
(19) 2514.8400


Jundiaí
Av. Jundiaí, 531 - Anhangabaú
CNPJ: 05.639.325/0001-32
(11) 4522.1500

REDES SOCIAIS

Facebook Instagram
Selo